A importância do psicólogo na prevenção ao suicídio

A importância do psicólogo na prevenção ao suicídio

A importância do psicólogo na prevenção ao suicídio

No nosso artigo anterior nós falamos sobre o Setembro Amarelo e o que ele representa. Se você não leu, dê uma conferida aqui, pois este artigo de agora irá complementar o anterior. Neste artigo nós iremos falar sobre a importância do psicólogo na prevenção ao suicídio. Boa leitura!

O dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio e o Conselho Federal de Psicologia (CFP) aproveita a data para chamar a atenção para o papel fundamental da Psicologia na prevenção ao suicídio.

Se você não sabe como surgiu o Setembro Amarelo e porque dia 10 desse mês é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, recomendamos a leitura deste artigo no Blog do Cartão iSaúde.

Ao ser considerado como problema individual, o suicídio não é reconhecido como questão de saúde pública.

E por isso, algumas ações preventivas não são adequadas, porque desconsideram a natureza multideterminada do fenômeno e garantia de aporte transdisciplinar.

Por isso, o CFP reforça a importância de que a prevenção, assim como o debate sobre as questões relacionadas ao suicídio, depressão e demais ações de saúde metal, devem ocorrer durante todo o ano.

E não apenas em meses temáticos, justamente por abordarem questões de saúde pública da população.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que a cada ano, cerca de 1 milhão de pessoas tiram a própria vida e um número ainda maior de indivíduos tenta suicídio.

O suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos em todo o mundo no ano de 2016.

Os números apontam o Brasil como oitavo país do mundo em suicídios.

Também se constatam taxas elevadas de suicídio em grupos vulneráveis, que sofrem discriminação.

A importância do psicólogo na prevenção ao suicídio: o que dizem os especialistas

Para o Conselho Federal de Psicologia, a importância do psicólogo na prevenção ao suicídio deve ir além das intervenções estritamente individuais.

E buscar a compreensão das condições de vida que podem contribuir para produzir sofrimentos mentais intensos.

O papel da Psicologia é acolher e ressignificar esses sofrimentos, a partir do entendimento de como são produzidos nas instâncias sociais, históricas e culturais. Sempre em diálogo com outros campos do saber.

De acordo com o CFP, ao discutir o suicídio, não se pode desconsiderar o atual cenário político brasileiro, de retrocessos na Política de Saúde Mental, com o retorno à lógica manicomial e a alteração na Lei de Drogas.

Que permite a internação involuntária de usuários de drogas sem a necessidade de autorização judicial.

Reforçando o modelo de abstinência e das comunidades terapêuticas em detrimento da Política de Redução de Danos e dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD).

Para a conselheira do CFP, Ana Sandra Fernandes, a saúde mental do indivíduo está intimamente ligada ao acesso a direitos.

“É impossível falar de saúde mental se não temos acesso a serviços básicos, como saúde, educação, lazer, esporte e cultura”, explica.

Ou seja, falar e desenvolver políticas de promoção da saúde mental é fundamental para proporcionar à população o alcance aos serviços de tratamento e apoio social.

“Saúde mental tem a ver com o bem estar físico e psíquico, mas também tem a ver com o bem estar social. É um tema que devemos debater falando sobre políticas públicas”, conclui.

O psicólogo é o profissional adequado para ajudar as pessoas que estão com pensamentos suicidas, que têm autoridade no assunto, como você pode notar.

E na Imed você pode encontrar os melhores psicólogos por um preço justo. Fale conosco e saiba mais!

Contato

WhatsApp:
(15) 99102-3441
Telefone:
(15) 3234-9410
E-mail
contato@clinicaimed.com.br
rh@clinicaimed.com.br

Facebook

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.