Câncer de pele tem cura? – CLÍNICA IMED SAÚDE

Câncer de pele tem cura?

Câncer de pele tem cura

Quando o assunto é câncer, em geral, existem muitas dúvidas. Falando do câncer de pele, não é diferente. Apenas estamos falando de um câncer específico. E uma das dúvidas que rondam é: será que o câncer de pele tem cura? É o que nós vamos responder nesse artigo. Continue a leitura!

Antes de responder se o câncer de pele tem cura, vamos falar o que são exatamente os cânceres de pele.

Sim, cânceres, no plural, pois não existe apenas um tipo de câncer de pele. Mas vamos falar mais adiante quais são os tipos de câncer de pele.

Agora vamos procurar entender o que é essa doença, como ela age.

O câncer de pele ocorre devido ao crescimento anormal das células que compõe a pele e por isso podem originar diversos tipos de câncer de pele.

Eles podem ser divididos em dois tipos: melanoma e não melanoma. Quando se se fala em câncer de pele não melanoma um dos principais é o carcinoma basocelular ou epidermoide (CEC). Mais agressivo e de crescimento mais rápido que o carcinoma basocelular.

Aproximadamente 80% dos cânceres de pele não melanoma são CBC e 20% são CEC. Já o melanoma cutâneo, mais perigoso dos tumores de pele, tem a capacidade invadir qualquer órgão e se espalhar pelo corpo. O melanoma cutâneo tem incidência bem inferior aos outros tipos de câncer de pele, mas sua incidência está aumentando no mundo inteiro.

Os cânceres de pele são os mais incidentes no Brasil, cerca de 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença.

Câncer de pele tem cura? Tipos de tratamento

Câncer de pele tem cura? Tipos de tratamento

Bem, agora que falamos um pouco sobre os tipos de câncer de pele, vamos responder a pergunta que dá nome ao nosso artigo: câncer de pele tem cura?

E a resposta é sim! Câncer de pele tem cura! No entanto, é importante que haja um diagnóstico precoce. Ou seja, quanto mais cedo o câncer de pele for descoberto, maior é a chance de sucesso no tratamento e, consequentemente, de cura do paciente.

O tratamento do câncer de pele depende do tamanho, do tipo e da localização do tumor. Os carcinomas podem ser curados por completo através de cirurgia.

Nos casos em que há um maior risco de metástase ou quando ela já ocorreu, pode ser necessário realizar radioterapia ou quimioterapia após a cirurgia. Ou seja, um cuidado a mais.

O tratamento cirúrgico consiste na remoção do tumor e também de uma área de pele ao redor, como margem de segurança. Após a retirada do tumor, os tecidos são analisados para garantir que foram extraídas todas as células cancerígenas.

A remoção cirúrgica do câncer de pele tipo carcinoma tem elevadas taxas de cura.

Além da cirurgia, existe a curetagem e eletrodissecção. Esses tipos de tratamento são usados em casos de câncer de pele em que os tumores são pequenos. Os procedimentos consistem na raspagem da lesão e na destruição do tumor com um bisturi elétrico.

Os procedimentos devem ser repetidos algumas vezes e não são indicados para cânceres de pele mais invasivos. Ou seja, mais graves.

Além desses tratamentos que falamos, também temos a criocirurgia, cirurgia micrográfica de mohs e a terapia fotodinâmica.

Imed Saúde

Concluindo, câncer de pele tem cura, inclusive com vários tipos de tratamento. O importante é ser diagnosticado o quanto antes. E para isso, é indispensável fazer exames de rotina para confirmar que está tudo bem.

E falando em exames, você pode contar com a Imed Saúde, que atende a cidade de Sorocaba-SP e região, com um preço acessível e atendimento de alto nível!

Entre em contato conosco para saber mais!