Qual a importância de levar as crianças ao dentista? Confira essas dicas que Imed preparou – CLÍNICA IMED SAÚDE

Qual a importância de levar as crianças ao dentista? Confira essas dicas que Imed preparou

Qual a importância de levar as crianças ao dentista? Confira essas dicas que a Imed preparou

Todos sabemos que os adultos precisam visitar regularmente o dentista. Mas você sabia que as crianças também precisam procurar esse profissional com frequência? Continue lendo e saiba qual a importância de levar as crianças ao dentista.

É muito importante levar os pequenos ao odontopediatra logo que nascem os primeiros dentinhos. E até mesmo antes disso, um acompanhamento odontológico deve ser feito pela mãe durante a gestação.

Alguns pais pensam que, por causa dos dentes de leite serem trocados por permanentes, não requerem tanto cuidado. Mas isso é um equívoco.

Pois assim como os permanentes, os dentes de leite também podem causar cárie, incômodos e, se perdidos antes da hora, pode ocorrer alteração no posicionamento dentário de toda arcada.

Embora as crianças de pouca idade pensem que eles próprios possam escovar os dentes, a maioria não tem a destreza manual para limpar seus dentes até os 7 anos de idade.

Até então, os pais devem ajudar seus filhos a escovar, usar o fio dental e, é claro, levar ao dentista regularmente.

Se o acompanhamento começa desde cedo, o profissional consegue prevenir, e até mesmo identificar problemas, que quanto antes forem abordados, menor a necessidade de tratamentos longos e dolorosos.

E por falar em problemas, a cárie é uma das doenças mais comuns na infância, por isso alguns cuidados devem ser redobrados. São eles:

  • Manter uma alimentação balanceada com pouco açúcar e amido.

  • Escovar os dentes pelo menos 3 vezes ao dia, com um creme dental com flúor.

  • Passar o fio dental diariamente.

Qual a importância de levar as crianças ao dentista? Veja mais algumas informações importantes

Qual a importância de levar as crianças ao dentista

No primeiro ano de vida do bebê costuma-se estabelecer os hábitos de higiene oral, amamentação, alimentação e, muitas das vezes, de sucção de chupetas e dedo.

Se isso é feito de forma desequilibrada, pode levar ao aparecimento de cáries, problemas gengivais e maloclusões. Por isso, mesmo no primeiro ano de vida, os pais devem levar seus filhos ao odontopediatra.

Iniciar as visitas de rotina ao odontopediatra traz muitas vantagens. Numa consulta de rotina, nenhum procedimento dói e os pais devem estar conscientes disto.

A criança cresce se acostumando e formando um vínculo afetivo e de confiança com o dentista. É por essa razão que as crianças tendem a ter melhor comportamento quando já maiores no consultório odontológico.

O relacionamento da família e do profissional com o bebê será muito melhor, envolvido em um ambiente carinhoso. A experiência da criança pode ser bem diferente da que seus pais tiveram. A visita ao dentista não precisa ser uma tortura, se existe o hábito desde criança.

Quando a visita ao dentista é adiada, pode causar uma experiência traumática no futuro. Isso porque geralmente, essa visita ao odontopediatra ocorre apenas quando a criança já está com algum problema bucal.

O atendimento pode ser mais trabalhoso porque a criança não está familiarizada ao ambiente, e muitas vezes já com dor, o que levará à uma apreensão e ansiedade maior e até recusa no atendimento.

É essencial que você, pai e mãe, não deixe a primeira consulta ao dentista ser nessas circunstâncias.

E para isso, você pode contar com a Imed! Nós temos a equipe ideal para cuidar da saúde dos seus filhos! Além de preços justos, você ainda tem direito a descontos exclusivos com o Cartão iSaúde! Entre em contato conosco e saiba mais!