Como a autoestima influencia na sua saúde – CLÍNICA IMED SAÚDE

Como a autoestima influencia na sua saúde

Como a autoestima influencia na sua saúde

Você já notou que quando nos sentimos bem com nós mesmos o nosso corpo reflete isso? Parece que tudo flui melhor e que até nossa disposição aumenta. Coincidência? Continue lendo e saiba como a autoestima influencia na sua saúde.

Antes de qualquer coisa, vamos entender o que de fato significa autoestima.

Normalmente o termo é visto como sinônimo de vaidade, ou do excesso dela, até mesmo como arrogância ou egocentrismo.

Autoestima em seu significado literal significa: “estimar-se”, em outros sinônimos, valorizar-se, prezar-se, afeiçoar-se, cuidar-se.

Ou seja, o conceito autoestima está estritamente relacionada com o ego, nossa identidade individual, que segundo a psicologia, é o núcleo de personalidade de uma pessoa.

A autoestima é a responsável por como nos sentimos interiormente, afinal, é ela que vai nos permitir entender nossos limites, emoções, anseios, prazeres, determinações, objetivos e assim em diante.

Nesse sentido, a autoestima é composta por um conjunto de fatores, que abrange desde a parte estética até a emocional e comportamental de uma pessoa.

Diante de tantas tendências de estereótipos, personalidades e influências midiáticas, deste modo, somos condicionados a buscar um padrão inalcançável, o que faz com que a autoestima se desmorone, dando lugar não só a inseguranças, bem como, medos e angústias.

Nas redes sociais existem tantos exemplos de vidas “perfeitas” e as consequências de estar cercado destes exemplos podem ser diversos, desde o sentimento de fracasso até o desgaste emocional em busca de uma perfeição, que de fato não existe. Todos esses fatores podem trazer impactos na saúde física e psíquica.

Como a autoestima influencia na sua saúde física e mental

Como a autoestima influencia na sua saúde física e mental

Depois de deixarmos claro o que é a autoestima, agora queremos mostrar a você como a autoestima influencia na sua saúde física e mental.

Tendo em vista que nossa saúde física depende da saúde mental, alguns estudos comprovam que a autoestima está relacionada com a postura corporal do indivíduo e também com a imunidade.

Ou seja, uma pessoa com a autoestima equilibrada, tende a manter a postura mais ereta em comparação à uma pessoa com a autoestima baixa. Já a imunidade, está de fato, bastante relacionada com a saúde emocional, neste caso, se existe um equilíbrio emocional, a imunidade não será afetada.

Uma pesquisa feita pelo Centro Internacional para Saúde e Sociedade de Londres, indicou que pessoas com baixa autoestima apresentam uma diminuição da atividade do sistema imunológico.

Isso faz com que elas tenham maior risco de desenvolver doenças graves, como infartos, acidentes vasculares cerebrais (AVC), doenças respiratórias e gastrointestinais.

Além disso, outro grande problema é que esse grupo de pessoas têm menor disposição para fazer exercícios físicos ou manter uma dieta saudável.

Sobre a saúde mental, podemos relacionar a baixa autoestima o estresse e a depressão.

Cuidar da saúde é a chave para melhorar a autoestima

Cuidar da saúde é a chave para melhorar a autoestima

Bem, acreditamos que conseguimos mostrar a você como a autoestima influencia na sua saúde e vice-versa.

Queremos ajudar você a manter os dois em dia, tanto autoestima, quanto saúde, já que ambos andam lado a lado.

Procure sempre manter uma alimentação balanceada acompanhada de exercícios físicos. Eles não precisam ser muito pesados, faça uma atividade que te agrade ao mesmo tempo em que te mantenha em movimento.

Além disso, visite regularmente o médico e o dentista para acompanhar o estado da sua saúde física e oral.

Se você mora na região de Sorocaba – SP e quer manter sua saúde e autoestima em dia, sem gastar muito, entre em contato com a Imed Saúde. Nossa equipe está pronta para atender você e indicar um especialista para a sua necessidade!