duas mulheres com pele lisa e macia

Na internet você vai encontrar, com certeza, diversas dicas hiper-complexas sobre como deixar a sua pele lisa e macia. Dos produtos milagrosos aos procedimentos estéticos e cirúrgicos, nada oferece um custo-benefício melhor que o simples poder do hábito; e é dele que vamos falar hoje.

1. Pele hidratada é pele feliz

Eu sei, eu sei, você já está cansada(o) de ouvir isso, mas é verdade! E a melhor parte é que existem opções super baratas e práticas para você manter a sua pele hidratada.

Uma pele hidratada tem mais elasticidade, é mais difícil de machucar e reage melhor a qualquer fator externo, do Sol ou luz de telas à água da piscina, do banho ou do mar. Você sabia que a simples hidratação faz parte do tratamento de diversos tipos de alergias na pele? Pois é.

Vale ressaltar porém que cada um tem uma pele diferente, e a sua pode ter necessidades diferentes e ter resultados com produtos e/ou métodos diferentes. Se for comprar hidratante, teste o produto e fique alerta também a sinais de irritação como coceira e vermelhidão: você pode ser alérgico/a a algum componente da fórmula.

Consulte-se então com um/a dermatologista de sua confiança e descubra qual o seu tipo de pele e qual solução de hidratação melhor se adéqua! ( Você pode marcar uma consulta aqui mesmo 😉 )

Dica bônus: hidrate-se logo após o banho, sobre pele seca. É nele em que perdemos a maior parte da umidade da pele, e é depois dele que a pele melhor absorve nutrientes.

2. Esfoliar é bom sim, mas com os devidos limites!

Com o creme, com a esponja ou com mistura caseira, esfoliar é muito importante para eliminar impurezas e células mortas; e elas são famosas por deixar a pele mais áspera.

Toda pele lisa e macia conta com alguma esfoliação na rotina; então qual o limite que estou falando? O excesso pode causar problemas também, inclusive o efeito oposto.

Quando se exagera nisso, os riscos são vários; a começar pela remoção de células saudáveis e ferimento das camadas mais externas da pele. Como se não bastasse, uma pele ferida está aberta à entrada de duas coisas: sujeira do ambiente e micro-organismos, o que é justamente o que estamos tentando evitar, não é? Para saber com que frequência a sua pele pode ser esfoliada é indicada a consulta com dermatologista, mas um período de intervalo geral para a maioria dos casos é de sete dias.

Ah e mais uma importante: sempre de leve e em movimentos circulares, e evitar insistir em uma região da pele só, se não você se machuca.

3.  Banho quente é gostoso, mas fere a sua pele

Lembra que falei ali em cima sobre o banho remover a umidade da pele? Então. Isso acontece em grande parte por causa da temperatura: a água quente remove uma camada de gordura que reveste e protege a sua pele, e que também ajuda a reter a hidratação. Como já explicado: pele hidratada = pele lisa e macia.

4. Acne é péssimo, mas tirar na marra é pior

Controle os dedos, conforme-se com o pontinho vermelho que ficará no seu rosto por um ou dois dias. Espinhas e cravos vêm de oleosidade da pele e são absolutamente normais. O corpo tem até jeitos próprios naturais de eliminar essas inconveniências.

Você pode (e deve) cuidar e acelerar o processo com cremes – antibacterianos para espinhas, esfoliantes para cravos – mas espremer e tirar à força, só nas mãos de um profissional que sabe bem o que fazer antes, durante e depois da remoção. É importante lembrar: por definição retirar esses pontinhos geram um ferimento, e ele está sujeito a todos os riscos de qualquer ferimento!

Então na próxima vez que for espremer aquela espinha, pense em uma cicatriz ali para sempre, ou uma infecção pior. Não há pele lisa e macia enfrentando isso, não é?

E sim, é normal e indicado fazer consulta com dermatologistas para remover, cuidar ou tratar acne, mesmo havendo quem diga que não é necessário.

5. Todo o cuidado com ácidos é pouco

Não é a toa que os vilões gostam tanto de ácido em seus planos maléficos. Eles são usados para tratamentos dermatológicos muito – mas muito – específicos, como na remoção de manchas da pele. O problema vem quando eles são usados sem a supervisão de um(a) médico(a). São medicamentos e devem ser encarados dessa forma. Mesmo que digam não haver contra-indicações, procure uma opinião técnica antes de fazer qualquer intervenção grande assim na sua pele.

Isso vale também para as clínicas de estética, ok? Busque sempre o aval de um(a) dermatologista para aquele peeling em promoção.

6. Beleza vem de dentro pra fora. Literalmente

Pele lisa e macia depende, invariavelmente, de uma dieta saudável. Quando você exagera no consumo de gorduras, sua pele pode apresentar mais oleosidade. Se fizer o oposto e cortá-las completamente, pode ficar com a pele seca e quebradiça. Se faltarem nutrientes na pele ela fica com coloração alterada, suas olheiras aumentam e muitos outros efeitos que comprometem aquela sonhada pele de pêssego.

Então além da dermatologia, é muito indicada a procura de um(a) profissional de nutrição para te indicar os melhores alimentos para a pele; e são vários. Aqui a gente escreveu sobre nutrição e endocrinologia, pode te interessar mesmo sendo um artigo focado em emagrecimento.

7. Pele lisa e macia precisa descansar

Sim, dormir é a dica de número 7! Dormir bem regula todo o seu corpo hormonal e fisiologicamente. Só isso já tem um impacto muito grande na qualidade da sua pele. Além disso, o sono bem dormido evita o envelhecimento precoce, assim como as famosas marcas do estresse (aquela na testa, ou nos cantos da boca).

8. Proteção é importantíssima!

Repito o que disse Pedro Bial: se você quer um conselho, use filtro solar. Ele protege a sua pele do Sol sim, mas também da entrada de impurezas e saída de nutrientes. Portanto, o protetor solar certo é um companheiro fantástico e muito prático das peles mais bem cuidadas.

9. Suar a camisa também ajuda sua pele

Quando fazemos exercícios, eliminamos junto com o suor uma série de toxinas. Além disso, fazer exercícios aumenta a oxigenação do seu organismo, distribui e aproveita melhor os nutrientes dele e ainda libera endorfinas, o hormônio da felicidade; e isso tudo vai ajudar você, então, a dormir melhor e se manter mais calma(o), e já vimos na dica 7 quais os efeitos disso, né?

10. Conheça a sua pele

Para fechar com chave de ouro, fica a mais valiosa dica de todas. Para fazer qualquer uma das dicas que citei, é necessário pelo menos um pouco de conhecimento sobre o seu tipo de pele.

Da tonalidade até a oleosidade, passando por fatores menos visíveis como cicatrização e outros, são tantos os pequenos detalhes que compõe a sua pele como é, que fica difícil afirmar que existe uma regra universal qualquer.

Por isso, procure um(a) dermatologista e peça para que ele(a) identifique suas principais características; e te ajude a criar uma rotina de cuidados com o maior órgão do seu corpo: sua pele.

Você pode agendar uma consulta na IMED clicando aqui!


De onde vieram as informações que você acaba de ler:

Descubra tudo sobre dermatologia e cuidados com a pele no site da Sociedade Brasileira de Dermatologia: www.sbd.org.br

Comentários do Facebook
Pele lisa e macia em 10 dicas simples e infalíveis
Deixe sua Nota